Dicas sobre Armazenagem e Instalação de Containers

Containers Frigoríficos

DICAS SOBRE ARMAZENAGEM / INSTALAÇÃO E MANUAL BÁSICO DE FUNCIONAMENTO DOS CONTAINERS:
1. DICAS SOBRE O ARMAZENAMENTO.
a) Deixar à mercadoria / caixas à 10 cm. de distância abaixo do teto;
b) Deixar à mercadoria / caixas à 10 cm. de distância das portas;
c) Deixar as canaletas do piso sempre limpas e secas, para circulação de ar.

2. DICAS DE INSTALAÇÃO.
a) Posicionar o container, em piso firme e nivelado, para assim facilitar à abertura das portas do mesmo;

b) Deixar o container, com inclinação negativa de 05 à 10 cm. do lado da máquina de refrigeração, em direção as portas para o escoamento total de água em caso de lavagem, evitando assim o acúmulo de água no piso o que causará à formação de gelo, e consequentemente à obstrução da passagem do ar frio, para as mercadorias. Esta inclinação, pode ser feita através de calço de madeira, ferro, concreto ou qualquer outro material resistente;

c) Se possível, deixar o container sob alguma cobertura para melhor conservação de temperatura e redução no consumo de energia elétrica;

d) Para containers marítimos, posicionar o respectivo disjuntor de ligação, sendo de 50 ou 30 ampéres de capacidade, à no máximo 10 m. de distância de onde ficará à máquina de refrigeração;

e) Para containers econômicos, posicionar o respectivo disjuntor de ligação, sendo de 40 ampéres de capacidade, à no máximo 2 m. de distância de onde ficará à máquina de refrigeração;

f) Necessário existir, 1.50 m. (um metro e meio) entre à máquina de refrigeração e a parede ou obstáculo mais próximo, não só para efeitos de manutenção como principalmente para melhor produção de frio, redução no consumo de energia e evitar o desarme em seus motores elétricos por alto aquecimento.

3. MANUAL BÁSICO DE FUNCIONAMENTO:
a) Em caso de funcionamento do container, em temperatura congelada ou resfriada, orientamos que antes de abrir a(s) porta(s) do mesmo, acionar à tecla de degelo manual, evitando assim que à máquina de refrigeração fique bloqueada, ou seja, com grande formação de gelo em seu evaporador, o que causará à perda de frio na mercadoria, e conseqüente desarme elétrico, em algum de seus motores elétricos;

b) Lavar de preferência à cada 15 (quinze) dias, o condensador da máquina de refrigeração, o que facilita e muito à sua produção de frio, redução no consumo de energia elétrica e evita o alto aquecimento nos motores elétricos;

c) Em caso de paralisação geral da máquina de refrigeração, verificar os seguintes ítens:
• Se existe energia elétrica no local;
• Se o botão / tecla de liga e desliga, da máquina de refrigeração, NÃO está na posição OFF/0;
• Se as 03 (três) fases da rede elétrica, estão chegando na máquina de refrigeração;
• Se o disjuntor, que está posicionado na parede, NÃO está desarmado na posição OFF;
• Se o disjuntor, da máquina de refrigeração, NÃO está desarmado na posição OFF;
• Se o container, NÃO está em degelo automático por tempo de trabalho / funcionamento;

d) Em caso de “perda” de temperatura, verificar os seguintes ítens:
• Se o botão / tecla de liga e desliga, da máquina de refrigeração, NÃO está na posição OFF/0;
• Se a(s) porta(s) do container, NÃO ESTÃO, semi ou totalmente abertas;
• Se o termostato (botão regulador de temperatura), está ajustado na temperatura desejada;
• Se existe mercadoria / caixas encostadas no teto e/ou na porta, obstruindo assim à circulação / passagem de ar frio pelas mercadorias;
• Se as canaletas do piso do container, estão limpas ou sem formação de gelo o que também dificulta à circulação / passagem de ar frio pelas mercadorias;
• Se NÃO houve entrada de novos produtos, com temperaturas elevadas as que já estão armazenadas.

IMPORTANTE:

Estas informações técnicas sobre o melhor funcionamento dos containers frigoríficos, serão fornecidas pelo nosso técnico credenciado no momento da instalação dos equipamentos, a(s) pessoa(s) designada(s) pelo cliente, responsável(eis) pela operação diária junto ao(s) equipamento(s).